LISTS

TOP 5 CONFIRA OS PRATOS MAIS DELICIOSOS DOS RESTAURANTES EM LISBOA NO MÊS DE JUNHO


QUADRADO.png É DIFÍCIL ESCOLHER DO QUE DESFRUTAR EM UMA CIDADE QUE É UM DELEITE PARA O PALADAR…MAS NÓS AJUDAMOS!

 

  • TARTE BULHÃO PATO – SÁLA:

Com sabor a mar, é a tarde magnífica do talentoso Chef João Sá, que vos recebe como na própria sala de casa, na baixa. A Tarte Bulhão Pato é um deleite para o paladar, servida com um creme aveludado composto pelo caldo Bulhão Pato, base de massa na textura perfeita – nem muito mole, nem muito rígida – e cobertura de algumas pérolas do mar, como os bivalves mais frescos do momento, ou o que de melhor as águas possam lhes trazer, como berbigões ou lingueirões. Prato de estética linda, para comer com os olhos, a complementar os sabores com ligações perfeitas e alternância de texturas. Recomendamos sentar-se ao balcão, para uma vista privilegiada do maestro João Sá a coordenar as acividades na cozinha.

IMG_4624.JPG

UMA DAS CRIAÇÕES DO CHEF JOÃO SALA EM CARTAZ NA BAIXA. FOTOGRAFIA: TOP CHECK-IN © 

  • ARROZ CAROLINO COM CAMARÕES DA COSTA – ERVA RESTAURANTE

Felizmente, o jovem Chef Artur Gomes não deixa morrer um dos patrimómios culturais da gastronomia portuguesa: um viva ao arroz carolino! Um bocadinho sumido das atuais ementas, o carolino apresenta-se em grande estilo na carta do Erva. Não está descrito entre os ingredientes do prato, mas a emoção vem salpicada em cada garfada, a nos presentear com uma textura de risoto, arroz al dente – como deve ser! – e gambas da costa portuguesa. Para o chef, a qualidade é protagonista inegociável: respeito à sazonalidade com utilização somente dos melhores produtos da época, relação com pequenos produtores a estimular um comércio justo, e o sabor. Nesta cozinha, a matemática é simples – o menos é mais: gambas,  arroz carolino e pimentão fumado perfazem uma trinca de ouro, capaz de agradar aos paladares mais exigentes.

IMG_5588.JPG

O ARROZ CAROLINO COM GAMBAS DA COSTA DO RESTAURANTE ERVA É IRRESISTÍVEL. FOTOGRAFIA: TOP CHECK-IN © 

  • MOUSSE DE CHOCOLATE PANTAGRUEL – CANTINA DELFINA

Uma textura espessa, feita com chocolate da marca Pantagruel – que dispensa apresentações – adornado por com graúdas raspas de laranja e sal marinho na dose correta. Um dos best-sellers da casa, merecidamente, é sucesso absoluto. Quando desfila pelo salão, a atrair olhos curiosos por provar a mousse. Tem sabor de afago de vó, de carinho de mãe, de namorado que liga e diz “amo-te”. Basta provar para apaixonar-se.

IMG_7705.JPG

AO DESFILAR PELO SALÃO, A MOUSSE ATRAI OS OLHOS CURIOSOS DOS COMENSAIS. FOTOGRAFIA TOP CHECK-IN© 

  • O BAO DE ROBALO – BOA-BAO

A dupla de baos – basicamente massa com longa fermentação cozida ao vapor – vem na medida perfeita para saciar o paladar e guardar espaço para os próximos pratos asiáticos que seguem a jornada pelo continente que nos empresta imenso sabor. São para serem comidos com as mãos, como pequenos sandes, feitos sob medida para o tamanho da boca – e da fome. A massa abraça o tenro e branquinho robalo, com rabanete amarelo em conserva e maionese de suave picância. Diferentemente dos outros baos da ementa, estes são da cor preta. os vegetarianos não precisam ficar de fora da festa: também podem ser servidos com tofu. Um dos grandes desafios ao criar o bao, é adquirir a textura perfeita, e no Boa-Bao acertaram lindamente neste requisito indispensável, com uma receita taiwanesa. Os baos são servidos nas próprias – e charmosas – panelas de bambu onde são cozinhados. Os pratos criativos da casa fizeram tanto sucesso, que estão a inaugurar este mês uma nova unidade em Barcelona. 

IMG_7397.JPG

OS BAOS DE ROBALO SÃO UMA VERDADEIRA FEBRE NO ASIATICO DE LISBOA. FOTOGRAFIA TOP CHECK-IN© 

  • BACALHAU À BRÁZ – RESTAURATE LAURENTINA

Para início de conversa, vamos combinar: há bacalhaus, e bacalhaus. E os “Bráz” servidos no Laurentina, são simplesmente espetaculares. Não é à toa que são chamados os reis do bacalhau, com a devida majestade. Não há invencionices, portanto a proposta é confeccionar o tradicional. Bacalhau de altíssima qualidade, demolhado para desalgar apropriadamente, e desfiar para retirada de todas as espinhas indesejáveis. O resultado é uma textura envolvente ao bacalhau, de forma cremosa e arrebatadora. Se tiveres sorte, vais ser atendido pelo digníssimo Sr. Fernando – o colaborador mais antigo da casa – que guarnece a experiência com sua simpatia e dicas preciosas. Não deixe de observar o local mais “instagramável” do restaurante: no corredor de entrada do piso superior, o quadro que representa um bacalhau humanizado, a vestir um manto real.

IMG_1487.JPG

CONHECIDOS COMO OS REIS DO BACALHAU, NÃO PERDEM A MAJESTADE E CONTINUAM A SERVIR O FANTÁSTICO TRADICIONAL BRÁZ. FOTOGRAFIA TOP CHECK-IN© 


QUADRADO.png SERVIÇO

  • ERVA RESTAURANTE

Morada:  Av. Columbano Bordalo Pinheiro 105 – RC – Lisboa, Portugal.

Site Oficial: https://erva-restaurante.pt/

  • CANTINA DELFINA

Morada: Praça do Município 21 – Lisboa, Portugal.

Site Oficial: https://www.almalusahotels.com/en/delfina-restaurant

  • RESTAURANTE LAURENTINA

Morada: Av. Conde Valbom 71A – Lisboa, Portugal.

Site Oficial: https://www.restaurantelaurentina.com

  • SÁLA

Rua dos Bacalhoeiros nº 103 – Lisboa, Portugal.

Site Oficial: http://restaurantesala.pt/

  • BOA-BAO

Morada: Largo Rafael Bordalo Pinheiro 30 – Lisboa, Portugal.

Site Oficial: https://www.boabao.pt/


Categories: LISTS, slider