ROTA DOS TEMPLÁRIOS: GUIA COMPLETO PARA CONHECER A INCRÍVEL REGIÃO CENTRO DE PORTUGAL


QUADRADO.png  VILA NOVA DA BARQUINHA: INÍCIO DA AVENTURA PELA ROTA DOS TEMPLÁRIOS

IMG_8240.JPG
O HISTORIADOR SR. CONSTANTINO MENINO ACOMPANHOU O CIRCUITO REALIZADO PELA EMPRESA SPECIAL PURSUIT AO CENTRO INTERPRETATIVO DE VILA NOVA DA BARQUINHA. FOTOGRAFIA: TOP CHECK-IN

Vila Nova da Barquinha encontra-se localizada no Ribatejo, Distrito de Santarém, numa agradável região com zonas verdes envolventes. O território é delimitado pelo Rio Tejo e Rio Zêzere, onde pode-se encontrar numa pequena ilha no meio do rio, com um dos mais fantásticos castelos de Portugal – o Castelo de Almourol.

 

A Rota inicia-se no Centro de Interpretação Templário de Almourol, o primeiro do género em Portugal, com espaços para exposição permanente e temporárias e sala de projeção de filmes sobre a temática dos templários. No mesmo edifício funciona também a Biblioteca – Arquivo Templário, com vasto acervo literário dedicado a este tema. Uma visita muito interessante e com conhecimento de valor inestimável.O novíssimo Centro de Interpretação Templário de Almourol conta com espaços para exposição permanente e temporárias e sala de projeção de filmes sobre a temática dos templários.

A empresa familiar Tritejo é a responsável por levar os turistas desde Vila Nova da Barquinha até Almourol através do barco solar chamado “Ninfa do Tejo”. Sob o comando da embarcação estão os simpáticos promotores turísticos, Paulo Lopes e Filipe Bento – pai e filho – que orgulham-de de serem os pioneiros na oferta amiga do ambiente. Este barco solar foi integralmente totalmente confecionado em Portugal. Com capacidade para 12 passageiros, navega de forma sustentável e ecológica, pois não incomoda a fauna com o barulho de motores e não é percebido o desagrável odor de Diesel.

A experiência é fabulosa e relaxante, a complementar-se pelo cenário idílico, a vegetação exuberante por todos os lados, o canto de diversos pássaros, e a grandiosidade do castelo de Almourol em background. A gastronomia local nos provê saborosos pratos de peixe de rio, como as caldeiradas, a sopa de peixe, a açorda de sável e as enguias à pescadora – exemplos das delícias locais que poderão satisfazer o vosso apetite.

Nas imediações, a Igreja Matriz da Atalaia do séc. XVI vale uma visita, pois sua fachada é uma das melhores obras no estilo renascença do país. Distinção especial para o Parque de Escultura Contemporânea Almourol e o Centro Integrado de Educação em Ciências. Portanto, pela sua localização geográfica e pela sua história, Vila Nova da Barquinha possui um abrangente, diverso e abastado património natural, arqueológico e arquitetónico, para o gozo dos turistas mais atentos, sugerindo-se uma visitação às belezas das zonas ribeirinhas e viçosas paisagens.


QUADRADO.png CONHEÇA O CASTELO DE ALMOROL, UM DOS MAIS BELOS DE PORTUGAL

O Castelo de Almourol foi construído pelos Templários em 1171, considerado o maior património cultural da localidade. Situado numa pequena ilha às margens do Rio Tejo, o Castelo de Almourol ocupava uma posição estratégica na mais importante via navegável do território português, sendo um dos monumentos militares medievais mais emblemáticos, parte do complexo sistema de defesa de Tomar – sede dos Cavaleiros Templários.

IMG_8289
ESTE CENÁRIO ESPETACULAR É UMA DAS PRIMEIRAS PARAGENS D CIRCUITO DA ROTA TEMPLÁRIA DESENVOLVIDO COM EXCLUSIVIDADE PELA SPECIAL PURSUIT. FOTOGRAFIA: TOP CHECK-IN

Pensa-se que esta fortificação terá sido erguida à altura da ocupação romana, e sucessivamente teria sido modificada por alguns povos, dentre estes os visigodos e, mais tarde, conquistado aos mouros. Em meados de 1169, o Rei Afonso Henriques cedeu o castelo a Ordem Templária, tendo sido reconstruído no século XII, por Gualdim Pais, Mestre da Ordem dos Templários. Na porta principal do Castelo pode ser observado através de uma epígrafe que a conclusão das obras ocorreu em 1171. Seu traçado original sobrevive quase intacto.

Observam-se várias características que ligam ao Castelo de Tomar e Almourol, com um mesmo estilo inovador de arquitectura militar templária, como a opção por uma disposição quadrangular dos espaços, altas muralhas protegidas por nove torres circulares, encostadas, e a torre de menagem, nomeadamente a espinha dorsal de toda a estrutura.

Com cerca de vinte metros de altura, o Castelo de Almourol tem três andares e um terraço na cobertura. Apresenta algumas características únicas, como as mísulas em que as vigas que suportam os vários pavimentos se assentam, e uma cruz orbicular sobre a janela ao leste da edificação.

IMG_8319.JPG
O INTERIOR DO CASTELO DE ALMOUROL GUARDA SEGREDOS E UMA HISTÓRIA FASCINANTE. FOTOGRAFIA: TOP CHECK-IN

Depois que a Ordem dos Templários foi extinta, o castelo chegou à posse da Ordem de Cristo até 1834. As primeiras grandes escavações arqueológicas em Almourol foram realizadas em 1899, final do século XIX, entre os objetos encontrados estão sete moedas romanas e inúmeras moedas portuguesas de Sancho I a João IV. Em junho de 1910, foi classificado por decreto como Monumento Nacional.


QUADRADO.png OS GIGANTESCOS TÚNEIS SECRETOS PARA DEFESA EM CASO DE EMERGÊNCIA NO CASTELO

Almourol é de fato o mais lendário entre todos os lugares que abrigaram os Templários em Portugal, e sempre esteve envolto em mistério e magia. Um dos segredos guardados a sete chaves, com base em depoimentos de moradores da região, é a existência de um complexo sistema de túneis a ligar o castelo aos locais circunvizinhos – o mais longo dos quais se comunicava com Vila Velha da Atalaia por 12KM de extensão. Noutro túnel secreto, ao que parece ligado ao convento franciscano de Santa Maria de Almourol, localizado na margem direita do Tejo, diz-se que o “tesouro do castelo” está lá escondido, supostamente a incluir uma “mesa de ouro colocada em cima de quatro globos”.


QUADRADO.png  O QUE SABER SOBRE A ORDEM DOS TEMPLÁRIOS

Era uma grande organização de cristãos devotos durante a era medieval que tinham como importante missão proteger os viajantes europeus que visitavam a Terra Santa, enquanto também realizavam operações militares.

Há séculos, essa ordem rica, poderosa e misteriosa, fascina os historiadores e o público em geral, com os contos dos Cavaleiros Templários, façanhas militares e seu trabalho em prol do cristianismo durante as Cruzadas. Em principio, os Cavaleiros Templários enfrentaram críticas de alguns líderes religiosos. Entretanto em 1129, o grupo recebeu o endosso formal da Igreja Católica. A ordem tornou-se notória por seu rígido código de conduta e o característico hábito branco estampado com uma cruz vermelha.

frame dos emplarios.png
BASTA APONTAR O TELEMÓVEL PARA ACEDER AO CONTEÚDO COMPLETO  DESTE ARTIGO EM TECNOLOGIA QR CODE

Gradativamente, os Cavaleiros Templários tornaram-se protetores dos estados cruzados na Terra Santa e eram conhecidos como bravos guerreiros. Os Templários edificaram vários castelos e batalharam imenso contra os exércitos islâmicos com extrema coragem, o que posteriormente tornou-se um modelo para outras ordens militares.No apogeu de sua influência, os templários possuíam uma numerosa esquadra de navios, a ilha mediterrânea de Chipre, e eram instituição de empréstimo bancária para monarcas e aristocratas europeus.

O rumo das cruzadas foi alterado no final do século XII, quando os exércitos muçulmanos retomaram Jerusalém, forçando os Cavaleiros Templários a se deslocarem para outras localidades. Em 1303, constituiram uma base de operações em Paris. No entanTo, em 1312 sob forte pressão do rei Filipe, o papa Clemente V viu-se forçado a extinguir a Ordem dos Templários. Atualmente, existem várias organizações internacionais com o estilo dos Cavaleiros Templários que pretendem defender as tradições e valores da ordem medieval.


QUADRADO.png  O CHARME IRRESISTÍVEL DE CONSTÂNCIA, A “VILA POEMA”

Não muito distante do Castelo de Almourol, a segunda paragem do circuito desenvolvido exclusivamente pela Special Pursuit chega a Constância – conhecida como Vila Poema portuguesa – limitada a oeste por Vila Nova da Barquinha. Localiza-se na região do centro de Portugal, no Ribatejo, distrito de Santarém. Ganhou notoriedade por ter sido local de residência do poeta Luís de Camões. Possui uma charmosa Praia fluvial junto à confluência do Rio Zêzere com o Tejo, com uma simpática zona de piqueniques.

IMG_8410.JPG
A ENCANTADORA VILA FOI A MORADA DO FAMOSO POETA CAMÕES. FOTOGAFIA: TOP CHECK-IN

Um dos pontos de interesse a serem visitados é o Mural dos Poetas, um projeto de arte urbana de autoria do pintor Massimo Esposito, num muro que mede cerca de 53 metros de comprimento e 3 de altura em frente à Biblioteca Municipal Alexandre O’Neill. Contou com o apoio dos alunos da Escola Luís de Camões, e foi inaugurada em julho de 2017. Foram utilizados mais de 80 litros de tinta acrílica. O belíssimo painel através de suas imagens, escritas e simbolismos chama a atenção para todos os poetas que passaram por Constância e que deram o nome ao slogan da vila, Constância, Vila Poema.

Com uma gastronomia regional típica, destacam-se os seguintes pratos tradicionais: lampreia à bordalesa, a receita consiste num guisado; a fritada mista de escabeche e as sopas de pão. Já na pastelaria tradicional destaca-se o bolo da praça.Outro local imperdível é centro comercial Camões com Sabor, na Praça Alexandre Herculano. Podemos encontrar muitos produtos locais tradicionais produzidos na região, entre eles vinho, queijo, azeite, compotas, mel, marmelada e enchidos.

Um dos eventos mais importantes do calendário é a Festa de Nossa Senhora da Boa Viagem, associada ao intenso tráfego fluvial de mercadorias que se fez durante séculos entre o porto desta vila e a capital e a proteção aos navegadores. Na terra da poesia e sedução, desfrute de suas belezas, do encanto das suas paisagens e da tranquilidade dos seus rios. Aproveite para visitar a Casa-Memória de Camões, onde o poeta teria vivido à beira do Tejo. As ruínas da casa quinhentista foram classificadas como imóvel de interesse público em 1983.

Caso queira sentir um pouco da presença do poeta, os visitantes podem ainda encontrar de fronte ao Zêzere com o monumento a Camões, do escultor português mestre Lagoa Henriques, inaugurado em 1981. Sabia que foi em Constância a primeira ponte construída sobre o Tejo em território português, em 1861? Pois! Com os seus 494 metros de extensão, era considerada, na época, uma das maiores e melhores em linhas de caminho de ferro de toda a Europa.


QUADRADO.png  A GASTRONOMIA REGIONAL E O BUCÓLICO CENÁRIO DO “PÉZINHOS NO RIO”: UMA COMBINAÇÃO PERFEITA

IMG_8367.JPG
A PAISAGEM DO RESTAURANTE, COM VISTA PANORÂMICA PARA O ENCONTRO DE DOIS RIOS, COMPLEMENTA A EXPERIÊNCIA. FOTOGRAFIA: TOP CHECK-IN.

Com uma vista privilegiada para o Rio Tejo, Constância conta com um especial restaurante: o Pézinhos no Rio. Com um terraço e esplanada espetaculares, é o sítio perfeito para refeições deliciosas, para além de petiscos e bebidas.

Algumas das melhores opções gastronómicas ficam por conta das Fatias de Porco preto grelhado com esparregado. Se preferes pescado, com o Sável do Rio Tejo frito com açorda e Ovas de Peixe estará bem servido. Outro prato com grande saída da cozinha é a Salada de Gambas com massa, tomate e alface. Para petiscar e relaxar a pedida fica entre Chouriço e Farinheira assada ou Amêijoas.

Tudo isso com destaque para o excelente atendimento, em um ambiente descontraído. E se tiveres sorte, nos finais de semana poderás assistir apresentações musicais ao ar livre, no anfiteatro ao pé do restaurante.


QUADRADO.png  DORNES: A LENDÁRIA TERRA DOS TEMPLÁRIOS

A vila de Dornes é considerada uma das vilas fluviais mais bonitas de Portugal. Situa-se numa pequena península rodeada pelo Rio Zêzere, ao norte do distrito de Santarém, no concelho de Ferreira do Zêzere. Encante-se pela sua riqueza paisagística com vistas cinematográficas, de cortar a respiração.

De forma eclesiástica compete ao Bispado de Coimbra, mas como destino está integrada na Região de Turismo dos Templários. No aspeto econômico, Dornes tem tradição na produção e comercialização da madeira de castanho, que vem desde o século XIV e que se manteve até finais do século XIX. Do século XIX para cá, Dornes tem sido um pólo de atração turística em função das suas paisagens deslumbrantes sobre o Zêzere, e também em virtude da grande aspecto histórico e monumental que as suas aldeias contêm.

IMG_8456
O SINEIRO DA TORRE CENTENÁRIA DE DORNES CONTA-NOS UM BOCADINHO DA HISTÓRIA, COSTUMES E TRADIÇÕES DA REGIÃO QUE FOI CONSIDERADA A MAIS BELA VILA FLUVIAL DO PAÍS. FOTOGRAFIA TOP CHECK-IN.

O património histórico ex-libris da região é a Torre de Dornes, uma torre templária pentagonal, um exemplo raro de arquitetura militar no período da Reconquista. Outro monumento de maior importância é a Igreja de Nossa Senhora do Pranto (ou Igreja de Dornes) datada de 1285 e reedificada em 1453, onde existe um órgão de tubos do século XVIII, restaurado e em funcionamento, entre outras valiosas peças.

São brutais as inspiradoras vistas ao pé da misteriosa Torre Pentagonal Templária. Desde lá, são contempladas as águas calmas do Zêzere e do famoso Lago Azul, mesmo ao lado de Castelo de Bode, são um convite para um passeio de barco ou pesca, a embalar-se pelos sons da natureza. Os barcos de rio em madeira Abrangel, um barco de três tábuas trabalhadas em pinho, típico desta zona do rio Zêzere, ainda são construídos pelo mestre José Alberto.

Dentre a gastronomia local, visibilidade máxima para peixes e marisco do rio. Um bom exemplo é o delicioso achigã frito acompanhado com migas de couve, feijão, batata e broa. Os ensopados de peixe do rio também são muito saborosos. Na doçaria, as filhós – pastéis doces, fritos em azeite e polvilhados com açúcar e canela – são muito apreciadas. A Casflorim, empresa da região, é reconhecida internacionalmente pela qualidade da produção de mel e derivados, com abelhas de raça autóctone (a apis iberica). Cerca de quatro toneladas por ano, são destinadas para Alemanha, onde são vendidas em lojas gourmet com o rótulo da Serra de Dornes. Anualmente, a partir da páscoa até 15 de agosto, dia da festa da Solenidade da Assunção de N. Senhora/Círios, mais de 40 freguesias de vários concelhos fronteiros, fazem as suas peregrinações religiosas.


QUADRADO.png  TOMAR E A ORDEM TEMPLÁRIA

IMG_0699
REPRESENTANTES OFICIAIS DA ORDEM TEMPLÁTIA ACTUAL RECECIONARAM A EQUIPA DA TOP CHECK-IN PARA UMA VERDADEIRA AULA SOBRE AULA E CULTURA DO ASSUNTO. A MAGNÍFICA ARQUITETURA DO CONVENTO DE CRISTO EM TOMAR.  FOTOGRAFIA: TOP CHECK-IN

Foi a antiga sede da Ordem dos Cavaleiros Templários. É uma cidade de grande encanto pela sua riqueza artística e cultural, cuja maior expressão se encontra no Convento de Cristo, uma das principais obras do Renascimento Português. É localizada no centro de Portugal, distrito de Santarém na Província do Ribatejo, ao pé das margens do rio Nabão. Espalhadas por toda a cidade, há muitas casas interessantes com fachadas renascentistas, barrocas e românticas.

As ruas e praças do centro pitoresco de Tomar, a partir da qual irradiam os principais edifícios públicos e religiosos, organizam-se seguindo um padrão de xadrez – em cruz. É interessante constatar que em frente à Praça da República, se gera a circunferência que une o Convento de Cristo aos Conventos da Anunciada, de Santa Iria e de S. Francisco, -espaço sagrado dentro da qual desenvolveu-se Tomar.

  •  Castelo de Tomar & Convento de Cristo: sede dos templários

Obrigatório mesmo é subir ao castelo dos Templários, e descobrir o trabalho monumental do Convento de Cristo. Seu esplendor arquitetónico é mantido até hoje, o que lhe conferiu o status de Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1983.

IMG_0664.JPG
A IMPONÊNCIA DO CASTELO DE TOMAR E SUAS PROTEÇÕES PECULIARES CHAMAM A ATENÇÃO DOS VISITANTES, MARAVILHADOS COM A CONSTRUÇÃO HISTÓRICA. FOTOGRAFIA: TOP CHECK-IN

O Castelo Templário é datado de 1160, foi sede da Ordem do Templo até 1314 e da Ordem de Cristo a partir de 1357. Serviu de marco importante na defesa do território a sul de Coimbra.

No Convento dedique tempo para descobrir alguns dos seus preciosos detalhes, como:

Charola Templária: oratório da Ordem dos Templários. Um santuário românico de estrutura cilíndrica e de influência oriental. Sua decoração é composta por motivos na estrutura do tambor central, pinturas na abóbada anelar, pinturas murais e esculturas em madeira;

Janela do capítulo: expoente máximo da Arte Manuelina, tornou-se um ícone do património português cheio de referências às Descobertas e à História de Portugal. A fachada em que está implantada é uma imensa peça artística que lhe complementa o significado;

Claustro principal: claustro do recolhimento, procissões e oração. É uma notável expressão da arquitetura renascentista, com influências e traça italiana. O pátio tem um fontanário central, em forma de Cruz de Cristo, antigamente alimentado pela água do Aqueduto dos Pegões;

Porta da almedina: ou “Porta do Sangue”, por aí ter sido combatida a investida muçulmana no ataque de 1190, deixando inúmeros mortos.

IMG_0530.JPG
UMA DAS IGREJAS DE ARQUITECTURA PECULIAR QUE GUARDA EM SEU INTERIOR VESTÍGIOS HISTÓRICOS IMPRESSIONANTES EM TOMAR. FOTOGRAFIA: TOP CHECK-IN

Outros monumentos de relevância histórica e cultural são a Igreja Santa Maria do Olival e Igreja de São João Baptista, templos no estilo gótico de meados do século XIII e do início do século XVI, respetivamente. É idêntica a estrutura espacial das naves de ambas igrejas.


QUADRADO.png  FESTA DOS TABULEIROS: ÚNICA NO MUNDO

Também conhecida como a Festa do Espírito Santo, realiza-se de quatro em quatro anos. Em 2019, a festa acontecerá de 29 de junho a 8 de julho. Além de ser a celebração mais importante da cidade de Tomar, é uma das maiores e mais antigas de Portugal. Com cerca de meio milhão de visitantes apenas no dia do Cortejo dos Tabuleiros. Durante a procissão, são representadas as freguesias do concelho e percorrem as ruas de Tomar por 5 km, em uma exuberância de cores.


QUADRADO.png  RESTAURANTE TEMÁTICO MEDIEVAL: UM PITSTOP PARA O DELEITE NA TAVERNA ANTIQUA

Localizado ao pé da praça da República em Tomar, o Taverna Antiqua é uma verdadeira viagem no tempo dos senhores feudais e suas disputas por terras, castelos e reinos, à altura em que as espadas e as crenças religiosas determinavam as leis.

IMG_8506.JPG
A TEMÁTICA DOS PRATOS E APRESENTAÇÕES REMETEM AO MEDIEVAL, NA TAVERNA ANTIQUA. FOTOGRAFIA: TOP CHECK-IN

O restaurante Taverna Antiqua é puro entretenimento, onde foi recriado um ambiente no conceito medieval, que assegura uma experiência única e autêntica. Respeitam as tradições e conseguem desenvolver práticos fidedignos e muito saborosos, como a singular carne de javali. Nos estudos realizados pelos proprietários, durante a aristocracia da Alta Idade Média, a herança greco-romano se fez presente, garantia de uma deleitosa cozinha.

IMG_8485.JPG
A ATMOSFERA MEDIEVAL É UM DOS INTERESSANTES INGREDIENTES DESTE RESTAURANTE TEMÁTICO, A SERVIR UMA DELICIOSA GASTRONOMIA. FOTOGRAFIA TOP CHECK-IN

Nessa volta ao tempo, o restaurante transmite um atmosfera divertida e festiva, além de servir bárbaros banquetes, regados com muita cerveja de trigo e o imperdível hidromel, muito apreciado pelos vikings.

O nome desta bebida alcoólica já delata sua origem, pois os seus açucares fermentáveis são provenientes do mel, adicionando-se outros agregados na preparação do mosto, que muitas vezes podem alcançar teores alcoólicos elevados, em torno dos 20%.

Aventura mesmo é ir a casa de banho, e perceber que alguns antigos hábitos e costumes podem causar certa estranheza nos dias atuais, mas logo em seguida fazem todo o sentido ao usarmos os devidos óculos.

A Taverna Antiqua promove regularmente noites temáticas teatrais, com animação musical e estão aptos a planejar e organizar eventos medievais à medida.


QUADRADO.png  CONTEÚDO INTEGRAL SOBRE A EXPERIÊNCIA NA SÉRIE INSIDE PORTUGAL EM JUNHO 2019

Confira no próximo Domingo os vídeos na íntegra de toda a rica Rota dos Templários com entrevistas, paisagens de praias paradisíacas, dicas especiais e todos os detalhes deste mundo descoberto com a Special Pursuit. Queres saber mais? Para aceder gratuitamente à Primeira Temporada daSérie Inside Portugal, inscreve-te já com prioridade no link abaixo:

AQUI > https://www.youtube.com/c/TopCheckin

INSIDE PORTUGAL FIRST SEASON INVITATION

Não te esqueças do nosso encontro marcado. A partir do dia 09 de Junho, todos os Domingos às 5 p.m., estaremos juntos novamente, desde o norte do país até o sul, nos melhores destinos, secret tips told by locals, a desfrutar das experiências mais genuínas, em Portugal.


QUADRADO.png  SERVIÇO

  • SPECIAL PURSUIT

Site Oficial: www.specialpursuit.pt

  • TAVERNA ANTIQUA

Morada: Praça da República, 23-25 – 2300-550 – Tomar, Portugal.

Site Oficial: www.tavernaantiqua.com

  • RESTAURANTE ESPLANADA PÉZINHOS NO RIO

 Morada: R. do Tejo 2, 2250-035 Constância, Portugal.

Site Oficial: https://www.facebook.com/Pezinhosnorio/

  • EMPRESA TRITEJO

Morada: Avenida Cais de Tancos, Tancos – Vila Nova da Barquinha Cais do Arripiado, Arripiado, 2260-514 Vila Nova da Barquinha, Portugal.

Site Oficial: www.tritejo.pt