O NOVO BIG FISH POKE BAR CHEGA AO CAIS DO SODRÉ EM GRANDE ESTILO PARA CONSOLIDAR A CULINÁRIA ASIÁTICA COM TOQUE DE PORTUGALIDADE


QUADRADO.png  O PEIXE É O PROTAGONISTA NA NOVIDADE DA CAPITAL PORTUGUESA

O Cais do Sodré é a nova casa do novíssimo restaurante dedicado aos poke bowls. A febre já flerta com a cidade, mas agora ganha um reforço de peso com a mais nova aquisição lisboeta do grupo Multifood.

A nova aposta dedica-se à gastronomia havaiana, que vem trazer ao cenário da restauração da capital o melhor desta cozinha de forte influência japonesa. O seu nome é inspirado no atum, um ‘big fish’ e o peixe mais utilizado na confeção dos pokes havaianos, e uma proposta mais saudável de Gastronomia.

O BIG POKE DE SARDINHA REFORÇA O CONCEITO ASIÁTICO E PROMETE SABORES SURPREENDENTES

Aberto em meados de abril, tem o peixe o protagonismo. Com 20 lugares sentados ao balcão, e mais duas mesas para quatro comensais cada, este espaço promete oferecer uma experiência gastronómica intimista, em que todos os pratos são finalizados à frente do cliente.

Para apoiar o projeto, conferindo-lhe o maior rigor, Rui Sanches, do grupo Multifood, quis trazer o melhor e mais profundo conhecimento sobre a gastronomia que o Big Fish iria desenvolver. Para isso, convidou o americano Andrew Mayer (fundador do Poke OG em Miami), que trabalhou 15 anos com o conceituado chef japonês Roy Yamaguchi, pioneiro, há 35 anos, da chamada cozinha de fusão. Roy Yamaguchi é um dos membros fundadores do movimento Hawaii Regional Cuisine.

Andy veio até Portugal e, as entradas e sobremesas foram criadas por Luís Gaspar em conjunto com Filipe Narciso (exMinibar), chef residente do Big Fish, e apresentam uma íntima ligação com os ingredientes utilizados nos pokes, reunindo a cultura havaiana e as influências japonesas com alguma portugalidade.


QUADRADO.png  A PORTUGALIDADE SEMPRE PRESENTE

A gastronomia havaiana tem desde longa data grande influência da cozinha japonesa, mas também se pode encontrar marca portuguesa, como é o caso da Malasada, sobremesa com grande semelhança às bolas de Berlim, levada pelos portugueses para o Havai. Outro exemplo desta portugalidade do menu, desta vez por inspiração dos chefes, é o Coconut Creamed Rice, um arroz doce de coco, manga e gelado de matcha. Completa a carta de sobremesas o Chocolat Kilauea, com chocolate do Equador, wasabi, iogurte e sal negro do Hawaii, num tributo ao vulcão havaiano com o mesmo nome, famoso por estar em atividade há 29 anos.


QUADRADO.png  SERVIÇO

Endereço: R. Moeda 1G, 1200-275 – Lisboa.

Telefone: +351 210 522 842