GASTRONOMIA DO BRASIL

A GASTRONOMIA NA REGIÃO NORTE DO BRASIL



Em Manaus o tacacá mais famoso é o da banca da Gisela, que fica na praça do Teatro Amazonas. O prato, que vem numa cuia com decoração indígena, leva tucupi, goma, folha de mandioca, jambu e camarão seco. A sensação é única ao provar o caldo, que dá uma leve dormência na boca causada pelas folhas de jambu.

Um grande sucesso marca da culinária manauara é o X-Caboquinho, sanduíche tucumã com queijo coalho e banana pacovã frita. O açaí, fruto típico das palmeiras amazônicas, é muito utilizado no preparo de sucos, vinhos, doces, licores e sorvetes.

É recomendável uma esticada até a capital do Pará, Belém. Um bom local para provar a culinária do estado é a estação das Docas, onde há inúmeros restaurantes com pratos e alimentos típicos do estado. São três armazéns de ferro restaurados, onde funcionava o antigo porto de Belém.

Uma máquina a vapor de meados de 1800 e guindastes fabricados nos Estados Unidos compõem a paisagem. Os passeios de barco no rio Guamá, em Belém, e no Solimões, em Manaus, ficam mais bem aproveitados quando aliados à culinária local.

Entre os pratos típicos do Pará estão: vatapá feito com caldo do camarão salgado e temperado com alfavaca, chicória, alhos e cheiro verde, além das tradicionais gomas para tapioca ou beijus, que tem a forma de uma panqueca e pode levar vários tipos de recheio, como chocolate, queijos ou geleia.

Caldeirada de tucunaré, tacacá, tapioca, pato no tucupi. De origem indígena, o tacacá é uma sopa com tapioca, camarão seco, pimenta e tucupi, nome de um molho preparado com mandioca e jambu que acompanha o pato ou o peixe. Na sobremesa, doces de castanha-do-pará e frutas típicas: açaí, cupuaçu e graviola.


BEBIDAS
E não podemos esquecer da cachaça, a bebida mais típica do Brasil. Feita a partir da fermentação da cana-de-açúcar essa bebida é totalmente nacional!


PRATOS TÍPICOS

Os pratos do Norte do Brasil possuem forte influência indígena e portuguesa. Pratos conhecidos incluem:

  • A maniçoba, popularmente chamada de “feijoada paraense”. Prato feito das folhas da mandioca processada, a “maniva”, e cozidas por 7 dias e carne de porco, como na feijoada;
  • O pato no tucupi, feito de tucupi, pato regional e folhas de jambu acompanhado de arroz branco e farinha d’água;
  • O picadinho de jacaré (prato feito com a carne do jacaré);
  • O pirarucu de casaca, preparado com farofa (feita de farinha d’água, ou farinha de mandioca), azeitonas, ovos e vinagrete com cheiro-verde;
  • Os pratos com peixes, como com “filhote” (piraíba ainda pequena), pescada amarela, bijupirá, tucunaré, entre outros, acompanhados geralmente de arroz branco, farinha d’água e pirão de peixe;
  • O tacacá (caldo quente, servido na cuia e composto por tucupi, camarões secos, jambu e goma);
  • O vatapá paraense, feito a base de pão com camarões secos, caldo de camarão e dendê, diferenciando-se do baiano pela ausência de amendoim, castanha-de-caju, gengibre ou fubá;

A maniçoba, o pato no tucupi e o vatapá paraense, são pratos geralmente escolhidos para o almoço do Círio de Nossa Senhora de Nazaré, o “Natal Paraense”.

Entre os doces e as miudezas, destacam-se:

  • O açaí, servido com farinha de tapioca e açúcar ou acompanhado de carne seca ou camarão seco e farinha d’água;
  • Doces de colher feitos com frutas, como o doce de cupuaçu e o doce de bacuri. Estes geralmente são consumidos acompanhados de queijo, que pode ser queijo-cuia;
  • Nolo de macaxeira;
  • Biscoito de castanha-do-pará;
  • Mingaus, como munguzá, mingau de tapioca, mingau de farinha d’água, mingau de banana, entre outros;
  • Tapioquinha;
  • Biju;
  • Pudins e cremes de açaí ou frutas típicas;
  • Sorvetes de frutas regionais, como os sorvetes da rede Cairu. Um prato muito consumido também e de origem indígena é o Tacacá, feito a base de tucupi e goma, com acréscimo de camarões.

Receitas do Norte:

Baião de Dois: leva queijo coalho, feijão fradinho, macaxeira e manteiga de garrafa;
Pato no Tucupi: tipicamente paraense, o tucupi é usado em várias receitas;
Rabada ao Tucupi: tempero aparece novamente, mas na rabada;
Tacacá: uma das iguarias mais consumidas na região Norte do Brasil.


 

Categories: GASTRONOMIA DO BRASIL

Deixe uma resposta