VENEZA – ITÁLIA

[:pb]



QUADRADO.png  SAIBA MAIS SOBRE O DESTINO

A cidade dos apaixonados atrai multidões de turistas durante o ano inteiro. Seu charme e tradição permanecem intactos, com paisagens belíssimas, canais com gondoleiros e uma excelente estrutura de comércio, hotéis e restaurantes. O conjunto de 120 ilhas é unido através de belas pontes. Você ficará encantado com os passeios de barco para explorar recantos únicos. 


QUADRADO.png  PRINCIPAIS PONTOS TURÍSTICOS E O QUE FAZER

  • Piazza San Marco

A principal praça de Veneza e um dos principais cartões-postais, abriga a circulação diária de centenas de turistas fotografando seu entorno. Aproveite para explorar a arquitetura belíssima das edificações à sua volta e pontos turísticos, como a Torre do Campanário, a Basílica di San Marco, a Torre dell”Orologio e o Palácio Ducal.

  • Palazzo Ducale

O Palácio Ducal também é conhecido como Palácio do Doge e foi construído em 1424. A arquitetura possui um estilo gótico e o local era a antiga sede do doge, o governante de Veneza. Como praticamente todas as construções da cidade, você ficará encantado ao observar os detalhes da fachada do local. O ingresso de visita é pago, custa € 19 e dá acesso ao Palazzo Ducale, ao Museu Correr, ao Museu Arqueológico Nacional e a Biblioteca Nacional Marciana. A dica é comprar seu ticket com antecedência no site oficial para evitar filas.

  • Basílica di San Marco

A igreja mais famosa da cidade construída no ano de 828, situada na Piazza di San Marco. A construção realmente impressiona pelo tamanho e arquitetura, contendo cinco cúpulas que mesclam os estilos bizantino, românico e renascentista. O ingresso à basílica é gratuito, você só paga se quiser ir ao museu que fica nela.

  •  Praia de Lido

Atravessando a cidade, você pode chegar na ilha de Lido, uma região chique de Veneza. O lugar possui uma praia maravilhosa, com mar calmo e areia fininha. Separe a sua roupa de banho e dê um mergulho por lá.

  • Palácio Ca’ d’Oro

Hoje usado como museu, o palácio foi erguido no século XV a pedido de um milionário mercador veneziano, em frente ao Grand Canal. A impressão que se tem avistando o edifício do ângulo do canal é interessante, parecendo que o mesmo encontra-se parcialmente submerso.

  • Ponte Rialto

Uma das pontes mais lindas do mundo começou a ser construída no ano de 1588. Foi feita toda em pedra com um único arco. É considerada a ponte de arco mais antiga da região, a primeira do estilo a interligar as duas margens do canal.

  • Teatro La Fenice

Esta casa de ópera foi construída no final do século XVIII, em 1792, sendo o palco de fantásticas apresentações. O principal teatro lírico da cidade possui uma acústica e interior de riqueza inestimável.

  • Torre do Campanário

A torre, que já passou por revitalizações, teve sua primeira edificação datada do século 9. Você ficará impressionado com a vista de seu topo, avistando a cidade e alguns dos principais pontos turísticos de um ângulo privilegiado. Para subir na torre, é cobrada uma entrada.

  • Ponte dos Suspiros

Ligava o Palazzo Ducale às Prigioni Nove, um edifício famoso por abrigar uma prisão. Em outros tempos, os réus eram julgados no Palazzo e após serem condenados atravessavam pela ponte em direção à clausura. É um dos pontos mais fotografados de Veneza.

  • Murano

Um passeio imperdível, para apreciar este verdadeiro patrimônio cultural da região. O turista poderá tomar uma embarcação que o conduzirá à esta localidade, a uma curta distância da zona turística, para conhecer de perto a icônica produção de vidros e objetos de cristal. Você poderá conhecer um atelier e ter uma exibição de como é o processo de fabricação destas verdadeiras relíquias.

  • Passeio de gôndola

Um passeio clássico de gôndolas é o que faz uma viagem à Veneza ser completa. A cidade poderá ser avistada por um outro ângulo, através dos canais estreitos, alguns com cantorias  e espumantes a bordo. Observe que os valores dos passeios e percursos desejados podem ser definidos junto ao gondoleiro. Não se esqueça de barganhar.

  • Fundação Guggenheim

Os apaixonados por arte certamente irão conhecer o museu da fundação, que também possui instalações em outras grandes cidades de todo o mundo. Você poderá explorar diversos estilos artísticos, em especial pintores modernistas e também obras riquíssimas de Salvador Dalí e Picasso.


QUADRADO.png  BUSQUE INGRESSOS, EXCURSÕES, ATIVIDADES E COISAS PARA FAZER

O destino oferece desde passeios curtos, viagens de 1 dia, excursões, shows e concertos, excursões personalizadas, atividades ao ar livre, prática de esportes com instrutores especializados, percursos culturais temáticos, workshops e muito mais. Confira AQUI as coisas para fazer escolhidas a dedo pelos nossos especialistas, selecionadas especialmente para você.


QUADRADO.png  PESQUISE OS  MELHORES VÔOS PARA O DESTINO


QUADRADO.png  ONDE FICAR

Os visitantes preferem hospedar-se na parte mais turística e central de Veneza, nos arredores de San Marco.Uma boa opção de hospedagem também é a área de Castello, a uma distância relativamente pequena das atrações turísticas, com a paisagem típica de canais, pontes, bom comércio e restaurantes. Caso opte por localidades mais tranquilas e residenciais, mais fora do circuito movimentado, também há uma boa oferta de alojamentos em Cannaregio. Clique AQUI para conhecer os endereços dos melhores hotéis de Veneza, indicados por nós.


QUADRADO.png  ONDE COMER

Devido à proximidade costeira e abundância de águas, esteja certo de que os frutos do mar estão sempre frescos e são uma excelente pedida. Não pense duas vezes e peça um tradicional “Baccalà Mantecato”, ou seja, um bacalhau com um molho suculento e especial. Também são típicos da região os “Bigoli” –  um tipo de spagheti mais espesso – e o Fegato alla Veneziana – fígado de porco ou vitela normalmente acompanhado de polenta. Para beber, não dispense um  prosseco produzido na própria região do Vêneto, um Bellini ou vinho regional. Guarde espaço para a sobremesa e devore uma verdadeira instituição nacional: o gelato – sorvete. Clique AQUI para explorar as opções de Restaurantes para comer bem em Veneza.


QUADRADO.png  VIAJANDO DE TREM PELA EUROPA

Viajar de trem é a melhor maneira de conhecer as maravilhas da Europa e percorrer 28 países, 15.000 cidades e vilarejos da Europa com a mais ampla seleção de bilhetes de trem e passes de trem. Consulte aqui gratuitamente as diversas opções para experiências únicas.

728*90


QUADRADO.png  PESQUISE SEU SEGURO VIAGEM COM DESCONTO E SEGURANÇA

Na hora de viajar, muitas pessoas se esquecem do quanto é importante possuir uma cobertura de plano de saúde. Alguns planos só possuem uma gama de benefícios a nível nacional, não podendo ser acionados caso aconteça alguma situação indesejada no exterior. Devido ao câmbio, até procedimentos mais simples podem ser bastante onerosos, trazendo um problema financeiro sem precedentes. Informe-se sobre quais empresas oferecem esses serviços, e quais tarifas estão compatíveis com o quanto você deseja gastar.

Pesquise pelos custos de alguns procedimentos médicos no país de destino, como o custo de uma consulta médica, diária no hospital e intervenção cirúrgica. Assim, você terá uma noção do quanto poderá ter desembolsar caso ocorra uma eventualidade. Analise com calma todas as coberturas oferecidas pelo seguro escolhido. Se você pretende fazer uma viagem para praticar esportes e desfrutar de novas experiências como safáris, surfe ou correr maratonas pelo mundo, fique de olho na cobertura que o seguro viagem oferece para eventos desse tipo.

Na hora de escolher o plano de seguro viagem, tenha em mente o roteiro que você pretende realizar e as atividades que pretende fazer em seu destino. Viagem com as crianças, prática de esportes, intercâmbio, viagem de negócio, férias com a família. Cada viagem requer um tipo de seguro.

Utilize um cupom de desconto

Você pode deixar seu seguro viagem mais barato utilizando um cupom de desconto exclusivo para leitores da Top Check-in®. Com o cupom TOPCHECKIN5, você garante 5% de desconto na contratação do seu seguro viagem. Faça gratuitamente uma cotação aqui.


Banner 2


QUADRADO.png  GALERIA DE FOTOS


[:en]



QUADRADO.png  SAIBA MAIS SOBRE O DESTINO

A belíssima cidade dos canais, localizada na região do Vêneto, é um dos tesouros que a Itália guarda para surpreender seus visitantes. Veneza é um conjunto de 120 ilhas unidas através de pontes. De Mestre é possível chegar a Veneza usando a Ponte da Liberdade, que leva até a Piazzale Roma. Como se pode imaginar, a cidade sofreu inundações periódicas desde o início e, atualmente, a cidade continua sofrendo as ameaças das repetidas inundações que provocam o fenômeno conhecido como Acqua Alta. Na primavera e outono o nível da água costuma subir, por isso é frequente que a Piazza San Marco se inunde até o ponto de que as autoridades tenham que colocar passarelas para que os pedestres possam caminhar.  Os barcos conhecidos como vaporetto fazem o trajeto pelo principal canal e transportam moradores e turistas pelas “ruas aquáticas” da cidade. Ao lado deles não podem faltar as famosas gôndolas, com as quais são feitos os passeios mais românticos e especiais de Veneza.  Caminhar entre os canais oferece uma sensação única de estar em uma área repleta de arte, história e cultura.


QUADRADO.png  PRINCIPAIS PONTOS TURÍSTICOS E O QUE FAZER

  • Piazza San Marco

Esta é a praça principal de Veneza. Primeiramente: não se assuste com a quantidade de pombos que existe nela – é sério, são muitos! A criançadas que adora fazer uma farra com eles. Na Piazza San Marco estão vários pontos turísticos importantes para você conhecer em Veneza: a Basílica di San Marco, a Torre do Campanário, a Torre dell”Orologio (original do século 14), o Palácio Ducal e a Piazzetta di San Marco, praça famosa com o Leão Alado, o símbolo da cidade. Visite a praça durante o dia e também durante a noite: o cenário é o mesmo, mas a sua percepção será totalmente diferente.

  • Palazzo Ducale

O Palácio Ducal também é conhecido como Palácio do Doge e foi construído em 1424. A arquitetura possui um estilo gótico e o local era a antiga sede do doge, o governante de Veneza. Como praticamente todas as construções da cidade, você ficará encantado ao observar os detalhes da fachada do local. O ingresso de visita é pago, custa € 19 e dá acesso ao Palazzo Ducale, ao Museu Correr, ao Museu Arqueológico Nacional e a Biblioteca Nacional Marciana. A dica é comprar seu ticket com antecedência no site oficial para evitar filas.

  • Basílica di San Marco

A igreja mais famosa da cidade construída no ano de 828, situada na Piazza di San Marco. A construção realmente impressiona pelo tamanho e arquitetura, contendo cinco cúpulas que mesclam os estilos bizantino, românico e renascentista. O ingresso à basílica é gratuito, você só paga se quiser ir ao museu que fica nela.

  •  Praia de Lido

Atravessando a cidade, você pode chegar na ilha de Lido, uma região chique de Veneza. Andar por lá não parece ser Veneza, Murano ou Burano: Lido tem mais cara de Califórnia do que cidade antiga, mas não deixa de ser incrível. O lugar possui uma praia maravilhosa, com mar calmo e areia fininha. Separe a sua roupa de banho e dê um mergulho por lá.

  • Palácio Ca’ d’Oro

Hoje usado como museu, o palácio foi erguido no século XV a pedido de um milionário mercador veneziano. Para quem observa a construção de sua fachada, é impossível não ter a impressão de que o prédio está inundado, de tão rente que seus portais permanecem em relação à água

  • Ponte Rialto

Uma das pontes mais lindas do mundo! A Ponte Rialto começou a ser erguida em 1588, sendo toda de pedra e contendo um único arco. Se você fizer um passeio de Vaporetto, com certeza passará por baixo da Ponte Rialto.

  • Teatro La Fenice

Esta casa de óperas construída no final do século XVIII, é palco de uma importante temporada de óperas, apreciada e assistida por amantes do gênero vindos de todos os cantos da Europa.

  • Torre do Campanário

A primeira versão da construção da torre data do século 9 e desmoronou em 1902 – sendo reconstruída com base em um projeto do século 16. A vista que você terá lá de cima, da Torre do Campanário, é sensacional! Você consegue ver Veneza por outro ângulo e logo abaixo de você está a Basílica di San Marco. Inclusive, foi nesta torre que Galileu Galilei apresentou seu telescópio para o governante de Veneza em 1609. Para subir, você precisa comprar um ingresso que dá acesso ao elevador da torre.

  • Ponte dos Suspiros

A ponte é chamada de Ponte dos Suspiros porque ligava o Palazzo Ducale às Prigioni Nove, edifício famoso e construído para abrigar uma prisão. Dessa forma, os réus eram julgados no Palazzo Ducale e, se condenados, atravessavam pela Ponte dos Suspiros e eram encaminhados à prisão.

  • Murano

Com o Vaporetto vá até Murano, uma ilha de Veneza muito conhecida pela produção de vidros e peças em cristal. Passear pela cidade é legal, mas o mais incrível é entrar em uma lojinha que tenha um artesão manipulando o vidro ali, na sua frente. É algo mágico ver um artista aquecer e retorcer a peça e, no final do trabalho, ter uma bela estátua de cavalo, por exemplo – e eles criam as peças em menos de 5 minutos, é muita habilidade. Além disso, com certeza você encontrará algum item bonito para levar de recordação.

  • Passeio de gôndola

Na gôndola, você tem uma nova perspectiva da cidade. Andando a pé pelas vielas, você vê todos os canais nos quais as gôndolas passam, mas, estar dentro de uma abre um olhar diferente sobre as construções – sem contar que a maioria dos gondoleiros são incríveis: eles cantam para você, vão contando as peculiaridades dos locais, mostrando os pontos turísticos como a casa onde Marco Polo morou ou onde o famoso Don Juan se encontrava com suas namoradas. Se for um passeio romântico, leve um espumante ou um Bellini (uma bebida típica e a cara de Veneza) para um brinde, por que não? O passeio dura 30 minutos e não é barato, custando € 80 no total, seja para duas, quatro ou seis pessoas. O valor, ao longo do dia, vai reduzindo: tudo é negociável.

  • Fundação Guggenheim

Para os que buscam um acervo cultural mais eclético, a dica é a Coleção Peggy Guggenheim, um museu local da Fundação Guggenheim. A pequena coleção abrange pintores modernistas de todo o mundo, incluindo obras de Picasso, Dalí, Magritte, Brancusi, Pollock e outros.

  • Passeio no Grande canal de vaporetto

Se você estiver com vários dias no seu roteiro de Veneza, nós recomendamos que você use seu passe livre do Vaporetto e faça um tour pelo Grande Canal. Sim, entre em uma estação e simplesmente vai… Vai… Vá de um lado para o outro com o meio de transporte oficial da cidade, admirando a beleza que somente é vista em Veneza. Quando você notar, já terão passado horas percorrendo o Grande Canal, cruzando com outros barcos e gôndolas pelo caminho.

  • Igreja Santa Maria della Salute

A igreja foi erguida como o pagamento de uma promessa feita em março de 1630 pelo então patriarca de Veneza, Giovanni Tiepolo, juntamente com o doge Nicola Contarini. A cidade havia sido tomada pela peste naquele tempo e, como promessa, o patriarca quis dedicar a construção de uma igreja como forma de gratidão, caso a cidade fosse libertada de tamanha tristeza com a doença. Mais de 80 mil venezianos morrem com a peste, incluindo o patriarca e o doge. A igreja Santa Maria della Salute começou a ser construída em novembro de 1631. Você facilmente verá o monumento em um passeio de Vaporetto.


QUADRADO.png  BUSQUE INGRESSOS, EXCURSÕES, ATIVIDADES E COISAS PARA FAZER

O destino oferece desde passeios curtos, viagens de 1 dia, excursões, shows e concertos, excursões personalizadas, atividades ao ar livre, prática de esportes com instrutores especializados, percursos culturais temáticos, workshops e muito mais. Confira AQUI as coisas para fazer escolhidas a dedo pelos nossos especialistas, selecionadas especialmente para você.


QUADRADO.png  PESQUISE OS  MELHORES VÔOS PARA O DESTINO


QUADRADO.png  ONDE FICAR

A área central de Veneza é dividida em seis sestieri, ou distritos, em bom português. São várias ilhotas e canais que, no fim das contas, formam uma coisa só. San Marco é o mais famoso e turístico deles. Tão turístico que, em determinadas épocas do ano, fica difícil circular pelas ruelas com tranquilidade, tamanha a quantidade de pessoas indo e vindo. É lá, por exemplo, que fica a Basílica e a Praça San Marco, além do Palácio Ducalle. Vizinho a S. Marco, está o distrito de Castello, o maior dos sestieri e onde nos hospedamos durante a nossa estadia. O bairro tem uma orla deliciosa para caminhadas (Riva), ruelas tradicionais, canais e pontes por todos os lados. Isso sem contar com um grande número de cafés/bares, lojinhas e atrações, como a igreja de S. Giovanni e S. Paolo. Ficar hospedado na região também é garantia de estar próximo a tudo o que interessa. Cannaregio e Dorsoduro são outros dois distritos apaixonantes de Veneza e, por sinal, mais tranquilos se comparados a Castello e S. Marco. Cannaregio, por exemplo, é bem mais residencial, com seus canais, ruelas, bares e restaurantes que servem comidas típicas deliciosas. Assistir ao pôr do sol de uma das pontes/canais é um verdadeiro espetáculo! Já Dorsoduro ganhou o nosso coração depois de passarmos um dia inteiro explorando a área e admirando as paisagens de cair o queixo. Reduto da arte, o bairro reúne alguns dos melhores museus de Veneza, como a Gallerie dell’Academia e a coleção de Peggy Guggenheim. Isso sem contar que a vida noturna de Dorsoduro é realmente pulsante! Porém, dentro da curva superior do Grande Canal de Veneza, está situado o pequeno distrito de San Polo, que abriga alguns pontos turísticos importantes, como a Ponte di Rialto e o Mercado Rialto. Ah, a região também é excelente para bater perna sem compromisso e também comer os deliciosos cicchetti, petiscos tradicionais de Veneza. Por fim, na fronteira com o Grande Canal, S. Polo e Dorsoduro, está Santa Croce, o distrito que abriga a importante estação de ônibus na Piazzale Roma. Essa, inclusive, é a única região de Veneza que oferece acesso por terra.  A hospedagem em Veneza não costuma ser barata, principalmente se você decide visitar a cidade na alta estação ou no período de eventos famosos como o carnaval. A dica para economizar, portanto, é tentar reservar com certa antecedência ou optar por meses mais frios. Outra observação importante é com relação ao volume de bagagens a ser levado pelo viajante, pois Veneza é uma cidade um tanto quanto complicada para se locomover com malas pesadas devido a ruelas estreitas, pontes e escadas. Clique AQUI para conhecer os endereços dos melhores hotéis de Veneza, indicados por nós.


QUADRADO.png  ONDE COMER

Aqueles que gostam de peixes e frutos do mar estarão no lugar certo, o espaguete al nero di sepia (com tinta de lula) é um dos pratos mais famosos da cidade. Já a pizza, ao contrário do que muitos pensam, não é o forte da região. Isso porque fornos a lenha foram banidos da cidade; e vamos combinar que pizzas assadas no forno elétrico não têm o mesmo sabor. Os cicchetti são vendidos por unidade nos bacari da cidadebares/restaurantes onde as pessoas vão para beber um spritz ou vinho, acompanhados desses petiscos. Para se ter uma ideia, vários desses estabelecimentos nem mesas tem, levando os clientes a consumirem esses quitutes em pé, dentro do estabelecimento ou do lado de fora, curtindo uma a bela paisagem de um canal, pontes e a atmosfera única de Veneza. Já quando o assunto é sorvete — gelato, em italiano — a cidade não deixa nada a desejar. São vários os locais que servem receitas deliciosas e feitas com ingredientes de muita qualidade. Clique AQUI para explorar as opções de Restaurantes para comer bem em Veneza.


QUADRADO.png  PESQUISE SEU SEGURO VIAGEM COM DESCONTO E SEGURANÇA

Na hora de viajar, muitas pessoas se esquecem do quanto é importante possuir uma cobertura de plano de saúde. Alguns planos só possuem uma gama de benefícios a nível nacional, não podendo ser acionados caso aconteça alguma situação indesejada no exterior. Devido ao câmbio, até procedimentos mais simples podem ser bastante onerosos, trazendo um problema financeiro sem precedentes. Informe-se sobre quais empresas oferecem esses serviços, e quais tarifas estão compatíveis com o quanto você deseja gastar.

Pesquise pelos custos de alguns procedimentos médicos no país de destino, como o custo de uma consulta médica, diária no hospital e intervenção cirúrgica. Assim, você terá uma noção do quanto poderá ter desembolsar caso ocorra uma eventualidade. Analise com calma todas as coberturas oferecidas pelo seguro escolhido. Se você pretende fazer uma viagem para praticar esportes e desfrutar de novas experiências como safáris, surfe ou correr maratonas pelo mundo, fique de olho na cobertura que o seguro viagem oferece para eventos desse tipo.

Na hora de escolher o plano de seguro viagem, tenha em mente o roteiro que você pretende realizar e as atividades que pretende fazer em seu destino. Viagem com as crianças, prática de esportes, intercâmbio, viagem de negócio, férias com a família. Cada viagem requer um tipo de seguro.

Utilize um cupom de desconto

Você pode deixar seu seguro viagem mais barato utilizando um cupom de desconto exclusivo para leitores da Top Check-in®. Com o cupom TOPCHECKIN5, você garante 5% de desconto na contratação do seu seguro viagem. Faça gratuitamente uma cotação aqui.


Banner 2


QUADRADO.png  GALERIA DE FOTOS


[:]

Deixe uma resposta