Uncategorized

ONDE COMER – BUENOS AIRES – INDIANO – MUMBAI

 

 

 

Continuando a série “BUENOS AIRES ALÉM DA PARRILLA”, mostrando a infinidade de opções da Gastronomia multicultural porteña.

Amamos as parrillas, mas não podemos deixar de explorar também a característica peculiar da cidade, que abraça restaurantes que apresentam com louvor a culinária paquistanesa, vietnamita, nórdica, e muito mais.

Eis o Mumbai, no bairro de Palermo, Restaurante indiano digno de nota e com lugar memorável no palato.

Apaixonada por comida indiana como sou, sempre parto em busca de mais uma nova opção dentre as várias que já conheço na cidade. No Microcentro da cidade, há exemplares desta cozinha mais em conta, diferenciando a experiência basicamente só no ambiente, tamanho de porção e serviço.

Dessa vez fui conferir o Mumbai, que já impressiona desde a chegada, pelo ambiente temático todo decorado, romântico e elegante, repleto de lamparinas vermelhas lindas, sofás com almofadas de canotilhos, e música baixinha ao som de cítara – aquele instrumento musical de cordas tradicional que emana um sonido envolvente.

Eu pagaria feliz uma fração do IPTU daqui, para mergulhar diariamente nos aromas apaixonantes de curry, ou saborear um “gulab jamun”, aquela sobremesa presente em 9 dentre 10 cardápios indianos – bolinhas de leite com especiarias mergulhadas delicadamente em água de rosas, um doce popular na Índia, Nepal, e Bangladesh.

O cardápio brinda a chegada com tragos típicos, como são chamados os drinks daqui. Os cocktais com frutas e especiarias trazem opções maravilhosas, desde o tradicional “mango lassi” – um shake de iogurte com cardamomo e manga – até o drink “Ginger Break”, um regrescante de gengibre, folhas de menta maçeradas, e açúcar negro.

A entrada imperdível é a degustação de samosas, com um mix dos melhores recheios, um verdadeiro banquete.

Há de se provar também o “Naan”, o pão típico indiano, preparado no Restaurante Mumbai da maneira tradicional, no tradicional forno Tandoor. Quando escoltado pelo trio de pastinhas de iogurte, menta e tomate doce, fica melhor ainda. Um must-have.

Chegando ao curso principal, basta escolher sua proteína, o curry correspondende, e imergir nos aromas, deixando-se permear pelos condimentos e temperos indianos.

Meu prato preferido da noite foi o “Vindaloo”, servido em uma charmosa panelinha de cobre, que acertou em cheio meu paladar: cordeiro tenro com especiarias inebriantes. O acompanhamento fica a cargo do comensal, então resolvi arriscar certeira no arroz de açafrão com vegetais.

Costumaz num menu indiano, uma infinidade de pratos vegetarianos super elaborados completa a seleção capaz de agradar até ao público mais exigente.

Ver mais